AVALIAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA

Há sintomas semelhantes em várias patologias, sendo de fundamental importância tratar a causa e não o sintoma.

  • Avaliar a origem das queixas: funcional ou neurológica;
  • Identificar desvios de acordo com o padrão de normalidade;
  • Descrever as habilidades preservadas e as comprometidas;
  • Identificar o canal mais maduro para a entrada das informações;
  • Traçar estratégias e metas de acordo com os dados encontrados.

O Processo de Avaliação Fonoaudiológica:

O processo de Avaliação Fonoaudiológica tem como principal objetivo identificar as habilidades e as fragilidades do aprendiz em determinada etapa do desenvolvimento. Busca a compreensão dos processos de aprendizagem em suas amplas possibilidades: o que se aprende, como se dá essa aprendizagem e o porque, em alguns momentos, o processo não ocorre de forma satisfatória.

A Avaliação Fonoaudiológica compreende 05 encontros:

  • (01) Uma sessão de Anamnese com os pais/familiares;
  • (03)Três sessões com o aprendiz;
  • (01) Uma sessão de Devolutiva com os pais.

Na sessão de devolutiva, será entregue relatório descrevendo todos os testes aplicados, hipótese diagnóstica, encaminhamentos e, se necessário, a frequência terapêutica.

A reabilitação fonoterápica eficiente se inicia com o diagnóstico preciso.

De acordo com cada patologia e queixa familiar, o número de sessões do processo de avaliação poderão sofrer alterações.

“A Linguagem possui relação direta em seu desenvolvimento com a construção do conhecimento e da cognição”

Piaget, 1978

O acompanhamento embasado em uma correta Avaliação Fonoaudiológica poderá identificar e traçar a estratégia e as metas a serem indicadas para melhor a aprendizagem, a autoestima e o aproveitamento escolar.